Construída pela Prefeitura Municipal da Belém-PA, em cooperação com o Rotary Clube Belém-Nazaré, em área doada pelo Educandário “Jesus de Nazaré”, na gestão do então Prefeito de Belém, Dr. Stélio de Mendoça Maroja,tendo como Secretário de Educação do Município o Profº Soleiro Moreira e Diretores da Sociedade Doadora, os Dr. José Edrisse Almeida e Dr. José Lancry. Inaugurada e incorporada à rede escolar da Prefeitura de Belém em Setembro de 1969.

quinta-feira, 8 de maio de 2008

A Escola e os nossos valorespor Manoel Gonçalves*

A Escola e os nossos valorespor Manoel Gonçalves*

“Nossos conhecimentos fizeram-nos céticos; nossa inteligência, empedernidos e cruéis. Pensamos em demasia e sentimos bem pouco. Mais do que de máquinas, precisamos de humanidade. Mais do que de inteligência, precisamos de afeição e doçura. Sem essas virtudes, a vida será de violência e tudo será perdido.” Trecho do primoroso Último Discurso do filme O Grande Ditador, uma das obras-primas de Charles Chaplin, lançado em 1940.
Espantoso como, depois de tanto tempo, o texto continua atual. À medida que a sociedade evolui, conquistas são celebradas, como maior acesso à informação, uso da tecnologia para facilitar a rotina diária, inovações em geral. Porém, em contrapartida, as exigências dessa vida moderna também enrijecem as relações humanas e tornam mais evidente a necessidade do desenvolvimento das habilidades nessa área, para um real amadurecimento do indivíduo e das instituições. Creio estar aí o cerne do desafio para a Educação. E um dos caminhos para aprimorar a filosofia educacional das escolas.
Em busca da educação adequada aos filhos, capaz de muni-los de embasamento suficiente para enfrentar os desafios do mundo, procura-se a escola ideal, com professores ideais e estrutura de igual porte. Para a obtenção da satisfação plena desse anseio, alguns quesitos são colocados à prova, dentre os quais os principais são: localização, custo, infra-estrutura e linha pedagógica adotada.
Os dois primeiros são importantes, mas não totalmente determinantes. A estrutura, apesar de essencial, é mais uma ferramenta para facilitar a aplicação do que penso ser o fator de maior peso: a filosofia de ensino. Se essa for bem aplicada, pais e mães podem fazer o que estiver ao alcance para adaptar locomoção e verba, não levar em consideração se a escola tem ou não algum aparato técnico desejado.
Na verdade, todo o ambiente escolar contribui para a formação dos alunos, mas é a forma de ensinar que vai transformá-los em cidadãos conscientes, em indivíduos pensantes, atuantes em seus ramos de atividade e, acima de tudo, mais humanos. Essa é a liga que dá sentido aos cálculos da Matemática, às conjugações da Língua Portuguesa, aos exercícios da Educação Física e até mesmo às atividades extracurriculares.
Escolas são mais que edifícios, laboratórios ou centros esportivos. São pessoas. Pessoas que carregam e transmitem valores, que influenciam nossos filhos na maneira de perceber as coisas ao redor, aprender e interagir com elas. Por necessidade ou por opção, são extensões das nossas casas e, por esse motivo, tornam-se co-responsáveis pela forma com que os futuros adultos agirão; se para o lado proativo ou reativo.
Cabe a nós, tutores legais, responsáveis, formadores de opinião, incentivadores da cultura, pais apaixonados e preocupados com o bem-estar de nossos rebentos, o papel de participar e auxiliar nas diretrizes das escolas. Sugerir e cobrar o que pode ser nosso maior legado aos filhos: Educação (em sentido irrestrito da palavra). Ela é um dos principais agentes transformadores do mundo e, por conseguinte, modificada pelo mesmo.

3 comentários:

antony disse...

eu adorei tudo que foi mostrado
na reportagem da escola eles estam
de parabens
essa escola e maravilhosa eu recomendo
para todas as maes botarem seus filhos
na escola ROTARY que eu tenho certeza
que voces vam adora voces nao se arrepender

Rosita disse...

Que belo blog!!!! Parabéns a escola.

Márcia Alessandra disse...

Olá, Sou professora da Rede e estou matando as saudades da escola, pois a alguns anos atrás,(qd eu era adolescente! ) participei de um curso livre de inglês, com o Professor Max Borges de Lima. Legal ver que a escola está bem!